Projeto JEPP, do Sebrae, estimula comportamento empreendedor nos alunos de Serra Negra

06/11/2019 15:25:09

Com professores capacitados e uma parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae/SP), o projeto Jovens Empreendedores Primeiros Passos (JEPP) está sendo executado na rede de ensino do município de Serra Negra.

De acordo com a supervisora municipal de Ensino, Sandra Maria Bordini, 36 professores concluíram a capacitação ofertada em agosto e dez escolas já iniciaram o projeto, logo no início de setembro. “Da rede municipal são 253 alunos do 1° ano, de sete Escolas de Educação Básica, que serão atendidos. Já na rede estadual, o projeto será aplicado nos 2°, 3°, 4° e 5° ano, nas turmas em que os professores participaram da formação, totalizando 243 alunos”, explicou.

De acordo com ela, as escolas participantes são: MUNICIPAIS: Dr. Geraldo de Faria Lemos Pinheiro, Prof. Durval de Paula Chagas, Profª Aracy Sodré Marchi, Rosalba Perondini Salomão, Profª  Zaira Antunes Franchi, Profª Maria de Lourdes Pinheiro Taborda e Maestro Fioravante Lugli  e ESTADUAIS: Profª Maria do Carmo de Godoy Ramos, Lourenço Franco de Oliveira e Profª Franca Franchi.

A parceria entre Prefeitura Municipal e Sebrae/SP tem como proposta criar uma visão e estimular a prática de atitudes empreendedoras nestes jovens. “Este curso permite que eles aprendam, de forma lúdica, a desenvolver habilidades necessárias para o comportamento empreendedor, não apenas nos negócios, mas na vida deles. Leva o aluno a pensar, refletir, e dá a eles possibilidades de trabalhar a socialização e a tomada de decisão, em conjunto com os demais amiguinhos”, avalia Sandra, que completa: “eles aprendem a resolver problemas, traçar metas, pensar nas consequências finais e, principalmente, fortalecer a criatividade em todas as disciplinas escolares”.

De acordo com o site do Sebrae, a proposta do JEPP vai ao encontro dos quatro pilares da educação propostos pela Unesco:

  • Aprender a conhecer / adquirir os instrumentos;
  • Aprender a fazer, para poder agir sobre o meio envolvente;
  • Aprender a viver juntos, a fim de participar e cooperar com os outros em todas as atividades humanas;
  • Aprender a ser, via essencial que integra as três precedentes.

Por esta importância, a secretária municipal de Educação já avalia a extensão do projeto para 2020. “Vamos buscar aplicar o método durante o ano todo, criando uma cultura empreendedora em nossas crianças. Não será um projeto pontual, e poderemos ver os resultados nos futuros seres humanos que elas serão”, declarou ela.

Os professores tiveram a primeira fase da capacitação a distância, e a segunda, presencial, com carga horária total de 38 horas. Aos alunos participantes, foram entregues livros didáticos, gratuitamente. Segundo a supervisora educacional, nas salas de 1º ano, as atividades foram divididas pelas coordenadoras pedagógicas em 12 encontros. O encerramento será em novembro, com uma exposição e venda de produtos confeccionados pelos próprios. “Depois vamos apresentar os resultados financeiros a eles e decidir o que será feito. Em 2020, este projeto pode durar o ano todo, dependendo da disponibilidade da escola”, finaliza Sandra.

O conteúdo

De acordo com os organizadores, o conteúdo programático do JEPP segue o seguinte roteiro:

  • 1º ano do Ensino Fundamental: O mundo das ervas aromáticas (26h de aplicação com os estudantes)
  • 2º ano do Ensino Fundamental: Temperos naturais (24h de aplicação com os estudantes)
  • 3º ano do Ensino Fundamental: Oficina de brinquedos ecológicos (26h de aplicação com os estudantes)
  • 4º ano do Ensino Fundamental: Locadora de produtos (22h de aplicação com os estudantes)
  • 5º ano do Ensino Fundamental: Sabores de cores (22h de aplicação com os estudantes)

Veja mais fotos clicando AQUI.

Voltar
LOCALIZAÇÃO
Praça John Kennedy, S/N - Centro
Palácio das Águas - CEP: 13930-000
Serra Negra, SP - (19) 3892-9600
Horário de Atendimento ao Público: 8h às 17h
CANAIS OFICIAIS
           
Logo Desenvolvido por Frequência