A nutrição como parceira em busca do aprendizado de qualidade

30/05/2019 14:06:36

Acordar cedo todos os dias, no calor ou no frio, trocar de roupa e colocar o material dentro da mochila. Mais um semana está começando e a expectativa é de aprender um pouquinho mais nesses dias que se seguem. Serão horas dentro da escola, brincando com os amigos, aprendendo a ler e escrever e, claro, provando o sabor diferenciado dos alimentos servidos no intervalo.

Todas as crianças das Escolas Municipais de Ensino Básico (EMEB) de Serra Negra recebem tratamento especial, desde o momento em que saem de casa e são transportadas até a unidade de ensino utilizando transporte público gratuito, até o retorno para casa, em segurança e na companhia dos amigos e no regaço da família. A chegada à escola é, particularmente, especial: um beijo de bom dia na professora, um abraço bem apertado no amiguinho.

Após as primeiras aulas, o cheirinho de comida convida para o intervalo, num momento tão aguardado quanto saboroso e nutritivo: "Acreditamos que o aprendizado passa também pela boa alimentação dos alunos. Nosso cardápio é confeccionado para atender às mais diversas demandas do organismo humano, selecionando alimentos que compõem nutrientes específicos para uma alimentação completa e saudável, possibilitando assim melhoras significativas na organização cognitiva dos estudantes, e um esforço em dirimir as preocupações dos pais quanto aos cuidados que seus filhos recebem na escola", afirmou a nutricionista responsável pela rede, Renata De Santi, que assina os pratos com alegria do dever cumprido: "Sabemos que servimos comida de qualidade, de maneira responsável e digna, a todas as escolas da rede, sem exceção ou qualquer tipo de acepção", concluiu.

Uma parceria entre a prefeitura e o Centro Universitário Amparense (UNIFIA) promoveu a readequação do cardápio dos alunos, além do ensino sobre o que se consome, discussões e debates sobre os valores nutricionais de cada alimento, com aulas práticas e expositivas sobre a qualidade da alimentação. Segundo a nutricionista e coordenaora do Curso de Nutrição do UNIFIA, Ana Beatriz Guidetti, responsáel pelos alunos que desenvolvem o projeto em Serra Negra, "é fundamental a promoção da cultura da boa alimentação ainda em tenra idade. Concluímos que os alunos voltam pra casa e carrgam consigo as informações, auxiliando seus pais na busca por uma reformulação no menu caseiro também".

Dados dos primeiros meses de 2019 apontam que foram servidas mais de 120 mil refeições nas unidades de ensino públicas serranas, sejam da educação municipal ou dos colégios estaduais, que recebem o aporte alimentício também da prefeitura local. Entre almoços e jantares, foram 41.900 destinadas às escolas estaduais, e outras 84 mil para as municipais, distribuídas entre café da manhã, almoço e jantar, dependendo do período de aula. "Vale lembrar que a creche são servidos dois lanches adicionais ao longo do dia, além das refeições já citadas. É como acreditamos ser a forma mais correta de tratar nossas crianças", afirmou a secretária municipal de Educação e Cultura.

No total, foram quase 200 toneladas de alimentos servidos nas escolas de Serra Negra, só no primeiro semestre deste ano. Arroz, feijão, proteína animal (carnes branca e vermelha, peixes e ovos), vegetais, legumes e verduras, além de frutas para a sobremesa e polpas congeladas para o preparo de sucos naturais, em substituição aos industrializados e embutidos, banidos da rede pública de ensino serrana.

Revolução na educação

Desde 2009 a educação em Serra Negra vem passando por uma grande revolução, acompanhando as transformações mais importantes ao redor do mundo. Reestruturação e valorização da carreira do professor; implantação de sistema apostilado recohecido internacionalmente (Sistema Maxi de Ensino); reformas e adaptações nos prédios das unidades de ensino; incentivo à prática de atividades extracurriculares, como exercícios físicos, artes e oficinas culturais; instalação de salas de informática e inclusão de tecnologia no aprendizado prático para a vida no século 21; e adequação do cardápio, implementando alimentação ideal com acompanhamento nutricional, foram algumas das conquistas obtidas pelos alunos que frequentam as escolas de nossa cidade.

Para a coordenadora pedagógica do município, Daniela Andreatti, é motivo de satisfação vivenciar essa evolução: "nos enche de orgulho o trabalho que é realizado aqui em nosso município. Ao deixar a rede municipal, ainda nos primeiros anos de vida, o aluno já sabe ler, escrever e se comunicar". Ela lembra que todas as unidades são valorizadas de igual forma: "é importante ressaltar que todas as escolas de Serra Negra recebem o mesmo tratamento, sem distinção. Quer no que tange à aimentação, quer no aprendizado em si, o resultado é sempre positivo, em todas as unidades", finalizou.

O ensino, em toda sua integralidade, é capaz de promover mudanças reais na vida de quem a ele é exposto. Não basta ensinar as disciplinas regulares de sala de aula, é preciso ir além. É preciso cuidar, brincar, amar, fazer com que o aluno se sinta pertencente, e fazê-lo enxergar sua indispensável presença no grupo escolar: "zelamos pelo aprendizado integral dos alunos. Queremos formar cidadãos para a vida, que sejam educados, respeitosos, bons trabalhadores e reconhecidos profissionais, independente da área de atuação que escolherem", acredita a secretária municipal, principal responsável pelo avanço do aprendizado dos alunos serranos, como mostram os registros oficiais dos órgãos avaliadores da educação básica brasileira, que colocam o município como possuindo a 5ª melhor educação do estado de São Paulo, e a 18ª em todo o território nacional.

Voltar

Fotos

LOCALIZAÇÃO
Praça John Kennedy, S/N - Centro
Palácio das Águas - CEP: 13930-000
Serra Negra, SP - (19) 3892-9600
Horário de Atendimento ao Público: 8h às 17h
CANAIS OFICIAIS
           
Logo Desenvolvido por Frequência