Comemoração dos 60 anos do Fórum Clóvis Beviláqua reúne diversas autoridades de Serra Negra

26/04/2019 17:40:25

Uma das mais belas celebrações dos últimos anos em Serra Negra foi realizada na tarde desta quinta-feira para lembrar os 60 anos da inauguração do prédio do Fórum, na Praça Barão do Rio Branco. O imóvel que abriga a Justiça em Serra Negra foi inaugurado a 25 de abril de 1959, e é um dos mais belos de nosso município, tendo o reconhecimento de toda a população. O local é também usado como cenário de festividades e datas históricas, como a encenação de A Paixão de Cristo, que tradicionalmente acontece em abril, e o Concerto de Natal, realizado nas escadarias e janelas do Fórum em dezembro. Desta vez, o cenário deu lugar à Corporação Musical Lira de Serra Negra, convidada para executar os hinos do Brasil e do município e interpretar obras que contemplem a altura e importância da imagem que o monumento serrano representa.

Autoridades dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário e do Ministério Púbico estiveram juntos em frente um dos ícones do município para mostrar que, apesar de cada um ter sua independência resguardada pela Constituição, é possível e necessário o respeito mútuo, mesmo nas divergências, em busca do melhor para a sociedade e prevalecendo a democracia. Populares também pararam para assistir à cerimônia. Um convidado ilustre esteve presente: o ex-Prefeito Irineu Saragiotto, que fundou o edifício em sua gestão.

Aos 93 anos, com perfeita lucidez, sabe explicar em detalhes a tramitação até a construção do prédio. Segundo ele, após os governos municipal e estadual chegarem num comum acordo para a definição do local, a Prefeitura teve que desincorporar a área de uso comum do povo para o patrimônio municipal e para isso precisou de autorização da Câmara Municipal e do Poder Judiciário, o que mostra a necessidade da congregação de esforços de diferentes servidores públicos em busca do desenvolvimento. Após a regularização de toda a documentação da área a obra enfim começou a sair do papel com a abertura de uma concorrência pública e a contratação de construtora para executar a obra. “É uma satisfação ter reconhecida ainda em vida a execução dessa obra”, definiu.

O ex-prefeito acrescentou que nome foi uma homenagem a um dos mais importantes juristas, legisladores, magistrados e filósofos brasileiros, Clóvis Beviláqua (1859 - 1944).

A ocasião marcou também o encontro de Chefes do Executivo de diferentes épocas, uma vez que o ex-Prefeito e atual Secretário de Agricultura e Desenvolvimento Rural e o atual Prefeito compareceram ao Fórum.

“É uma data histórica para Serra Negra os 60 anos de inauguração desse prédio maravilhoso, moderno até os dias de hoje. Muitas pessoas utilizaram e utilizam os serviços da Justiça e nós fizemos questão de prestigiar. Foi uma festa bem bonita”, afirmou o prefeito, que atuou também como advogado por muitos anos. Ele foi um dos que discursou. Além dele, também discursaram o juiz da 2ª Vara Carlos Eduardo Silos de Araújo e o presidente da 147ª Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) Leandro Afonso Tomazi.

“Essas paredes, os ferros, as telhas, o concreto, a madeira não têm vida, mas testemunharam ao longo dos anos várias histórias da Comarca de Serra Negra. Imagine o que essas paredes desse Fórum, sobretudo as da sala de audiência e do Tribunal do Júri testemunharam? Quantas histórias, quantos dramas, quantas vezes nós percebemos a natureza humana, a generosidade, o cidadão mesquinho, o cidadão que colabora, o cidadão egoísta, a violência, a paz, a coragem, a covardia? Todos que hoje trabalham, os promotores, advogados, os funcionários da segurança, do transporte, da limpeza, fazem parte dessa história”, afirmou o juiz.

“A Justiça é feita pelo estado democrático de direito e só cumpre o seu papel atribuindo a cada responsabilidade dos casos aqui trazidos quando se tem uma atuação livre de todos os operadores do Direito”, destacou o advogado.

Após os discursos, houve o descerramento de uma placa em homenagem aos 60 anos do prédio e um bolo foi dividido entre as autoridades e a população em geral.

Estrutura do Fórum

De acordo com a juíza diretora do Fórum Juliana Finati o prédio foi construído com o padrão do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, com a mesma formatação. Atualmente, funcionam no local duas varas e dois cartórios judiciais e que atende com tranquilidade a demanda de Serra Negra. Ela destacou também a importância do comprometimento de todos os poderes para o bem da sociedade.

“Aqui nós prezamos muito pela colaboração entre os três poderes, como deve ser obrigatório em todos os lugres, para que todos trabalhem de forma harmônica e com presteza para a sociedade”, destacou a juíza.

Voltar

Fotos

LOCALIZAÇÃO
Praça John Kennedy, S/N - Centro
Palácio das Águas - CEP: 13930-000
Serra Negra, SP - (19) 3892-9600
Horário de Atendimento ao Público: 8h às 17h
CANAIS OFICIAIS
           
Logo Desenvolvido por Frequência