Open/Close Menu

Informações para Contato

Praça John Kennedy, S/N - Centro
Palácio das Águas - CEP: 13930-000

Telefone
Horário de Atendimento ao Público

8h às 17h

O governo do estado de São Paulo divulgou nesta quarta-feira, 26, o número de mamografias realizadas de 10 a 15 de fevereiro pela 'Carreta Mulheres de Peito', no Centro de Convenções, em Serra Negra. Segundo informado à Secretaria Municipal de Saúde, ao todo foram 262 exames, uma média de 43,6 por dia.
A meta foi atingida conforme previsão da secretária municipal de Saúde. “Ficamos muito contentes por termos uma boa adesão, mesmo em dias chuvosos que tivemos naquela semana. Isso mostra que as mulheres estão se conscientizando cada vez mais de que precisam fazer esse exame. O diagnóstico precoce pode salvar vidas”, avaliou.
Durante a semana em que eram oferecidos os exames pela unidade móvel, os integrantes já faziam um balanço positivo. “Eu percebo que, nos últimos quatro anos, a procura pela mamografia cresceu muito. E isso é resultado do trabalho da mídia, reforçando a importância do exame e da detecção antecipada. Parabéns Serra Negra”, disse o encarregado, Edvaldo Cunha, ainda no segundo dia de atividades.
A equipe de Edvaldo contou ainda com duas técnicas em Radiologia, Emiliana Policarpo e Denise Cerruti, e uma atendente, Mirim Menczigae. Primeiro eles realizavam a Ficha de Cadastro já informando dia e hora para retirada do exame, depois, em outra sala, as técnicas refaziam a checagem do cadastro e o preenchimento do Questionário Anamnese (que detalha todo o diagnóstico da paciente como, por exemplo, se teve casos na família) e, em seguida, o exame em uma sala muito bem equipada, climatizada e com um mamógrafo de última geração.
A Carreta percorre os municípios paulistas ininterruptamente e tem como objetivo a conscientização das mulheres em relação à prevenção do câncer de mama que, segundo o Ministério da Saúde, é o tipo de câncer mais comum entre as mulheres no mundo e no Brasil, depois do câncer de pele não melanoma. “Estivemos em Serra Negra em 2017 e muitas das mulheres que estamos atendendo estiveram aqui da outra vez. Isso demonstra que elas são atentas, precavidas e se preocupam em realizar o exame”, acrescentou Edvaldo.
Ainda de acordo com os funcionários, o cartão do SUS foi obrigatório tanto para o cadastro da paciente, quanto para prestar contas e porque, se houver alguma alteração no exame, a Secretaria Estadual de Saúde precisa ter esse registro no cadastro do usuário, para que o atendimento ocorra o mais rápido possível.
No dia 10, o prefeito e o vice de Serra Negra estiveram no local para conhecer a equipe. “Nossa equipe da Secretaria de Saúde acompanhou diariamente, realizando a recepção e fazendo o controle de senhas. Fico feliz de ver que tivemos adesão porque é um exame indispensável para todas as mulheres. Esperamos que nos próximos anos também o município possa contar com esse diferencial e que as mulheres se conscientizem cada vez mais”, declarou o prefeito, que ressaltou que a vinda da carreta para o município foi uma conquista do vereador e presidente da Câmara, que fez a solicitação.

GALERIA DE FOTOS:
COMPARTILHE: