Open/Close Menu

Informações para Contato

Praça John Kennedy, S/N - Centro
Palácio das Águas - CEP: 13930-000

Telefone
Horário de Atendimento ao Público

8h às 17h

Foram entregues na manhã desta quarta-feira, dia 1º, no Hospital Santa Rosa de Lima, em Serra Negra, dois ventiladores pulmonares para pacientes em tratamento da covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. Os equipamentos foram enviados pelo governo do estado de São Paulo, por meio da Delegacia Regional de Saúde (DRS) VII, de Campinas, com escolta de policiais militares do Comando de Policiamento de Choque. O reforço na estrutura hospitalar do município atende reivindicação da Prefeitura com apoio parlamentar do deputado estadual Edmir Chedid.
O prefeito destacou a importância da articulação entre hospital, Prefeitura e Governo do Estado, com apoio parlamentar, para melhorar o atendimento no município. “Agradeço às equipes da Secretaria da Saúde e do hospital pela dedicação no combate a essa pandemia. É fundamental que os municípios atuem com agilidade para identificar as necessidades e conseguir supri-las, principalmente junto ao Governo de Estado, com apoio da Assembleia Legislativa”, destacou.
O administrador do Hospital, Fábio Luis Borri, comemorou a chegada dos novos equipamentos, cedidos temporariamente pelo Estado enquanto perdurar a pandemia. Agora o hospital passa a ter dez ventiladores no total. “É um dia bastante especial para nós. Temos 49 leitos, sendo 33 para utilização do SUS e oito exclusivos para atendimento à covid-19, mas necessitávamos complementar com dois novos ventiladores. Com apoio da Prefeitura, foram requisitados quatro ventiladores à DRS, até para um apoio na urgência e emergência, mas esses dois já serão suficientes para suprir nossas necessidades no momento. Atualmente são dez leitos ocupados, sendo quatro na maternidade, quatro de enfermaria por diferentes patologias e dois com suspeita de covid nessa área de atendimento específico. Esse reforço nos traz uma segurança até para uma necessidade de uma futura transferência desses pacientes”, comentou.
Borri falou ainda que o hospital continua buscando melhorias no combate à pandemia. “Hoje estamos bem cobertos com esse apoio da Prefeitura. Temos investido em EPIs, assegurando melhores condições de trabalho, mas com algumas possibilidades de melhora que temos negociado com a Prefeitura e Estado. Temos corpo de recursos humanos treinados para isso (combate à covid-19) e estamos prevendo agora para julho a contratação de mais dois enfermeiros que ajudarão também nesse sentido”, acrescentou.
O apoio da população, da Prefeitura e do deputado também foi destacado pelo administrador. “Agradecemos a população pelo apoio, nos ajudando com as doações; à Prefeitura, sempre muito próxima, nos ajudando, apoiando e auxiliando até em algumas dúvidas; ao governo do estado, através da DRS, e ao deputado que ajudou nesse trâmite uma vez que todas as cidades estão pleiteando esses equipamentos".
O médico anestesiologista, Felipe Olivoti, testou as funcionalidades dos aparelhos e afirmou que são suficientes para atender todas as necessidades de ventilação mecânica. “Os ventiladores ajudam muito e exercem papel fundamental na melhora do paciente, principalmente grave, que sem esse aparelho de ventilação não sobreviveria, já que precisa de uma máquina para respirar por ele e é o papel dessa máquina que os ventiladores fazem”, explicou. Ele também esclareceu a diferença entre ventiladores e respiradores, como são popularmente chamados, uma vez que muitas pessoas se confundem com os termos. “A terminologia respirador é errada quando designada para esse tipo de equipamento que respira por nós. O termo correto é ventilador. Respiradores são outros tipos de dispositivo. Por exemplo, a máscara N95 é um tipo de respirador, bem como a máscara que um mergulhador usa debaixo d’água. As máquinas que respiram artificialmente por nós são ventiladores”, complementou.
A secretária municipal de Saúde comentou sobre o alinhamento entre a Prefeitura e o hospital nesta pandemia, além do auxílio prestado no termo de convênio de R$ 425 mil por mês, mais de R$ 5 milhões por ano. “Entendemos que a Prefeitura tem sido grande parceira para que o Hospital possa se manter aberto e atender bem a população. E mais importante ainda, é que mantemos uma relação em que é possível fazermos o alinhamento para definir as melhores ações da saúde no município e, durante a pandemia, conseguimos nos unir mais ainda. Além de todas as ações na rede básica, como o atendimento na unidade de saúde específica para sintomas gripais, no Alto das Palmeiras, é muito importante que o hospital esteja preparado no caso de haver uma gravidade maior em um caso suspeito ou confirmado de covid. Dentro da capacidade do hospital, temos certeza que ele está bem equipado para conseguir atender o paciente e, caso precise de uma transferência, seja possível aguardar com com suporte adequado durante a internação no nosso hospital”, disse.
O deputado explicou que os respiradores serão fundamentais para garantir o atendimento para os usuários do Sistema Único de Saúde (SUS). “Além dos pacientes locais, Serra Negra recebe a demanda de municípios do entorno, como Águas de Lindoia e Lindoia. Por isso, é preciso estar preparado para oferecer o que há de melhor aos pacientes”, declarou.

Investimento
O valor referente à liberação dos respiradores a Serra Negra é superior a R$ 180 mil, segundo o governo estadual, que adquiriu 2,3 mil equipamentos em lotes de uma empresa turca, garantindo a economia sobre o valor final dos respiradores.
Também estiveram presentes na entrega o vereador e presidente da Câmara, a enfermeira responsável técnica do Hospital, Maria Camila Soares Cunha e a gestora do convênio da Prefeitura com o Hospital, Nathália Ramalho Nunes.
GALERIA DE FOTOS:
COMPARTILHE: